quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Duas chargezinhas...


Hoje estive na UERJ e resolvi sentar pra desenhar rapidinho essas duas charges para a campanha das eleições do DCE de lá. Relembrou os meus velhos tempos de movimento estudantil...rs


A UERJ vem sofrendo um processo de anos de precarização causada pela falta de repasse de recursos do estado. Os últimos 10 anos foram particularemnte bastante áridos para a Universidade: falta tudo, desde rajuste salarial até concursos para novos servidores.

Dei uma olhada aqui e achei esse texto que, apesar de meio antigo, infelizmente continua bem atual:
http://www.chicoalencar.com.br/chico2004/chamadas/2006/uerj06042006.htm
E esse, que é bem recente mesmo:
http://www.sintuperj.org.br/portal/pg_materia.asp?id=298

8 comentários:

Ronaldo Ruiz disse...

Olha que eu nem moro no Rio, nunca tive o prazer de ir aí, mas odeio o Cabral!

Fero disse...

É verdade, Diego. Os governos parecem não se importar muito
com a educação. E é por isso
que temos um presidente analfabeto
que se orgulha de nunca ter lido um livro.
Abs. Fero

Diego Novaes disse...

Oi Ronaldo!

Tem uma musiquinha que diz assim:

"Pra matar índio quem chegou de caravela?
Cabral, Cabral, Cabral...

Pra matar pobre quem chegou lá na favela?
CABRAL, CABRAL, CABRAAAAL!!!"

A letrinha tá coberta de razão...rs

Grande abraço!!

Diego Novaes disse...

Oi Fero!

Pior que esse problema vem de muito antes do analfabeto ter chegado ao poder. Presidentes sociólogos e militares deram o mesmo desprezo á educação.

É por essas e outras que faço coro quando ouço alguém dizer que o Estado Brasileiro é o nosso pior inimigo.

Abraço!!!

Fabiana Folly disse...

Verdade, a educação nunca teve seu devido respeito e valor!
"Para que né? O bom mesmo(para eles!) é ter um monte de pobre coitados sem instrução que reeleja essa corja de políticos que não estão nem ai para a população..."
Como disse uma vizinha:
-TEM MERMO QUE MATA TUDO QUE È BANDIDO!
Imagina ela se houvesse educação, oportunidade e políticos interessados em fazer seu trabalho sem ganhar o "por fora" o bandido que hoje atira na policia poderia ser uma pessoa integra de amanhã. Seria isso uma utopia? Ou um dia quem sabe...

Abraços!!!

Diego Novaes disse...

Issaí, Fabi!

Falou tudo!!

O cerne do combate ao crime está na Educação.

Um beijo!

Márcio Diemer disse...

Como sempre a maior parte é DELES!!! E o resto "ÓOOO"

Diego Novaes disse...

Fala Diemerzito!!

Como diz o James: "porrada neles"!!

Abraço!!!