domingo, 27 de fevereiro de 2011

Dona Dilma (e seus aliados) no poder


Essa charge é, de longe, a que mais gostei de todas que fiz em bastante tempo.

Feita para ilustrar no impreso o editorial do jornal A Nova Democracia.

 



sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Obama mostra a que veio

Outra charge que fiz pro jornal A Nova Democracia desse mês, sobre o aumento da verba militar nos EUA na administração Obama em relação ao seu antecessor. 



Mas olhando agora, acho que poderia ser mais simples. De repente só essa imagem já ficaria legal.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

"Última" charge do Lula



Essa charge eu fiz para o jornal A Nova Democracia.

O bom de trabalhar nesse jornal é que quase sempre minha opinião é tão contundente quanto a linha editorial.


Ás vezes, até mais.


Quem quiser dar uma olhada no jornal on line, táqui.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Tirinha para a Revista Monotipia


Reeditei essa tirinha antiga pra publicar na segunda edição da Revista Monotipia



Desenhar pra essa revista tem me dado enorme satisfação! 


Não é todo dia que se encontra uma revista que reúna trabalhos tão belos sob um projeto gráfico excelente.


é um privilégio trabalhar em parceria com quem tem a iniciativa de dar espaço a novos quadrinistas e ilustradores que vêm chegando por aí.

Isso tudo valoriza o trabalho. Dá ânimo.


E, claro, é divertidíssimo.



Não deixe de conferir a Revista Monotipia! Clique j'á!!



quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Chargeta publicada em revista

A segunda edição da Revista Monotipia já está no ar, trazendo, dentre muitos trabalhos de diversos artistas, esta humilde chargeta que vos apresento aqui.


O nível da revista está excelente, vale a pena conferir! Clique d´já!

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Um cartum!




Cartumzim promocional para a segunda edição da Revista Monotipia

Até me antecedi em publicar aqui antes, mas acho que ficou bão.

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Como nos velhos tempos...


Essa chargeta eu fiz ontem durante o Conselho Universitário (consuni) da UFRJ. 

A pauta da vez, é claro, foram as bolsas atrasadas. Achei que já tivessem pago todas as bolsas, mas fui descobrir que ainda tem muita gente sem receber. Daí desenhei esse pequeno protesto numa cartolina e dei pros representantes estudantis empunharem lá. 


Isso me lembrou um pouco uns quatro anos atrás, quando a tensão política na UFRJ era tamanha que o movimento estudantil invadia o consuni com cartazes e charges minhas. Nessa época, dúzias de desenhos eram colados todos os dias em todos os cantos da UFRJ. 


A era das charges acabou quando aquele setor do movimento estudantil ganhou as eleições para o DCE, em 2008. De uma hora pra outra, é como se a UFRJ tivesse ficado às mil maravilhas, e as charges pareciam incomodar mais do que ajudar...

Mas eu ainda tô sempre aí, dando porrada no que acho errado e injusto, levem a sério ou não.


video

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Dois eventos imperdíveis hoje!


Hoje, ás 19:30 horas, na Livraria da Travessa do Shopping Leblon, será lançada a edição 362 do Jornal da ABI intitulada: Cronologia dos Quadrinhos 2. O Jornal da ABI tem dado muito apoio aos quadrinistas e ilustradores que ocupam lugar na imprensa. Evento imperdível para os fãs dos quadrinhos, pesquisadores e quadrinistas. A entrada é franca.



Ainda no mesmo ritmo, a partir das 21 horas, no Boteco da Salvação, em Botafogo, vai haver o evento Feijão Ilustrado -  O Encontro Carioca de Ilustradores. A proposta do evento é que ilustradores de diversas partes da cidade se encontrem para desenhar de tudo na própria mesa do bar.  O Boteco da Salvação fica na rua Henrique de Novaes, 55, Botafogo.
A entrada é valor simbólico: R$ 5,00.

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Charge publicada em revista virtual



Essa charge foi feita para a primeira edição da Revista Monotipia

Recém lançada, a revista já chegou ganhando destaque no Universo HQ! 

Não deixe de conferir! Clique j'á!!


sábado, 5 de fevereiro de 2011

Encerramento da Exposição "Nássara 100 Anos"

Tive o privilégio de estar presente na abertura da exposição "Nássara 100 Anos", de curadoria do meu colega e amigo Zé Roberto Graúna.

Amanhã, domingo dia 6, o encerramento contará com a exibição de um curta sobre a vida de Jorge de Salles, o curador original da mostra, falecido em novembro de 2010.

Acredito que todos os amantes do desenho de humor no Rio de Janeiro deveriam e esmerar em comparecer, por tudo Nássara e Salles representaram e sempre representarão para a arte, cultura e para o humor gráfico brasileiro.

Fãs, curiosos, artistas, pesquisadores, jornalistas e todos os apreciadores das artes gráficas não deixem de ir!

Saudações Sallesianas!



"No próximo dia 6, domingo, no Centro Cultural Justiça Federal, a partir das 17 horas, encerraremos a exposição Nássara 100 Anos. 

Na oportunidade, vamos exibir o documentário “40 anos de arte” em homenagem ao artista plástico Jorge de Salles, curador desta exposição e amigo de Nássara e a quem o artista centenário doou considerável parte de seus originais (dos quais 36 obras compõem esta exposição).
Para você que não teve condições de comparecer na inauguração desta mostra não pode perder a oportunidade de ver 36 originais raros de Nássara. Para você que já esteve presente na exposição, poderá rever os desenhos além de confraternizar conosco. Não deixem de ir.

Conto com a presença dos amigos."
Zé Roberto Graúna

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Charge publicada no jornal da Adufrj




Essa charge foi publicada numa edição recente do jornal da Adufrj (sindicato dos professores da UFRJ).

Enfim, as últimas bolsas atrasadas caíram hoje. Mesmo assim vou falar desse assunto.

As bolsas dos estagiários da UFRJ atrasaram dois a três meses, quer dizer, desde novembro, ou mesmo outubro. Para alguns, isso não significou nada, ou muito pouco. Mas para muitos estagiários ficar três meses sem receber equivaleu - literalmente - a passar necessidades. Toda semana eu recebia emails de estagiários perguntando quando as bolsas cairiam (como se eu detivesse tal conhecimento!).



Em meados de dezembro, quando as bolsas de novembro já começavam a atrasar, já tinha bolsista de tudo quanto é lugar da UFRJ conversando entreouvidos reclamando de chefes aqui e acolá que exigiam que os pobres diabos não "faltassem" ao estágio. Ou seja, mesmo não tendo sequer o dinheiro da passagem para exercer o dever de chegar ao local do estágio, o candango-estagiário TEM que dar seu jeito de comparecer!


Ficou claro pra mim que esse tipo de distorção de valor muitas vezes é fruto de uma postura organizacional "sem querer querendo" impregnada de elitismos. O principal deles: achar que o estagiário “não tem que contar com a bolsa mesmo”. Não é de se admirar que certos chefes/professores jamais compreenderão a situação de quem realmente depende das bolsas. Seus umbigos são mais preciosos!


Mas agora está tudo bem, obrigado. As bolsas caíram, fazendo a felicidade geral do povo. A vida na UFRJ segue em frente apressando o passo já que o atraso das bolsas atrasou tudo. Os estagiários começam a retomar seus postos, e é assim mesmo que tem que ser.


E vamos mudando logo o rumo dessa prosa e esquecer de vez desse assunto, porque a gente tem que se esvaziar dessa revolta pra voltar a se espantar e se revoltar de novo no final desse ano, quando todas as bolsas voltarem a atrasar de novo.


Aí a gente finge que nunca viu isso acontecer.