terça-feira, 29 de setembro de 2009

Um livro indispensável



Amanhã pretendo ir a este debate, pois acho de suma importância para começar a compreender a questão racial no Brasil. Pra quem tiver interesse, taí o convite.

"Há 100 mil anos, poucas dezenas de seres humanos saíram da África. Seus descendentes, adaptando-se aos diferentes climas, desenvolveram inúmeras tonalidades de cor da pele.
Um dia, alguns voltaram. Primeiro, como comerciantes, adquiriram cativos escravizados pelos próprios conterrâneos. Depois, como conquistadores, impuseram o poder de suas nações sobre a África, alegando que os primos que ficaram faziam parte de uma raça distinta.
A curiosa ideia pegou. Sobreviveu à proclamação dos direitos humanos e à razão científica, difundindo-se no mundo da política. Pessoas de prestígio de todas as cores (até negros!) fingiram acreditar nela - e começaram a passar-se por líderes raciais. Hoje, a pretexto de fazer o bem, traçam-se fronteiras sociais intransponíveis, delineadas com as tintas de uma memória fabricada.
Este livro conta a história de um engano de 200 anos: o tempo da invenção, desinvenção e reinvenção do mito da raça. O nosso tempo."

2 comentários:

Jefferson CR disse...

Rapaz, já deixei este recado no orkut. tudo bem?
Por falar em racismo, utilizei uma charge sua em meu blog.
Dei seus créditos...

Abraços!

Diego Novaes disse...

Pode utilizar as charges á vontade, camarada!

Abraço!